I testi delle canzoni del Maculele

In questa pagina una breve descrizione del Maculele.

Vamos todos a louvar
A nossa nação brasileira
Salve Zumbi dos Palmares ora meu Deus
que nos livrou do cativeiro
Vamos todos a louvar
A nossa nação brasileira
Salve Zumbi dos Palmares ora meu Deus
que foi nosso grande guerrero

Nós somos negros da catanga de Aruanda
A conceição viemos louvar
Arandaeee, arandaeeea
Nós somos negros da catanga de Aruanda
A conceição viemos louvar
Arandaeee, arandaeeea

 

 

 

Boa noite pra quem é de boa noite
Bom dia pra quem é de bom dia
A benção meu papai a benção
Maculelê é o rei da valentia
Boa noite pra quem é de boa noite
Bom dia pra quem é de bom dia
A benção meu papai a benção
Maculelê é o rei da valentia


Certo dia na cabana um guerreiro
Foi atacado por uma tribo pra valê
Pegou dois paus, saiu de salto mortal
E gritou pula menino, que eu sou maculelê
Ê pula lá que eu pulo cá
Que eu sou maculelê
Ê pula lá que eu quero vê
Que eu sou maculelê
Ê pula eu pula você
Que eu sou maculelê
Ê pula lá que eu quero vê
Que eu sou maculelê (bis)
Minha mãe é brasileira
O meu pai é brasileiro
E o que é que eu sou
Eu sou é brasileiro (2x)


Tindolelê auê Cauiza
Tindolelê é sangue real
Eu sou filho eu sou neto de Aruanda
Tindolelê auê Cauiza


Sou eu, sou eu
Sou eu maculelê, sou eu
Sou eu, sou eu
Sou eu maculelê, sou eu
Ê nos viemos do Mato Grosso
Somos açucenas da Mata Real
Sou eu, sou eu